Continuando a nossa série sobre fotografia com o tempo “ruim”, vamos dar um pulo na floresta. Convido você a se aventurar pela selva e realizar grandes exposições em meio a árvores e nevoeiro. Vamos lá? 

Quando o sol brilha através da copa da floresta, ele cria manchas de luz e sombra que tornam a  captura da exposição perfeita em algo quase impossível. Você simplesmente não pode controlar o contraste nestas condições. 

sol ao anoitecer

Nada mais bonito que um pôr-do-sol em uma linda paisagem. É domingo de manhã. Você pega sua câmera fotográfica, entra no carro e sai em busca de aventura e de boas fotos. Só que nesse domingo não está fazendo um bom tempo, então você vai ter que conviver com as nuvens. Isso não é problema, já vimos como elas podem nos ajudar em um artigo anterior.

terra seca

Fotografar paisagens em meio à natureza requer muita sensibilidade à luz, acima de tudo. Estamos procurando sempre os melhores detalhes para compormos uma cena rica em beleza. Normalmente quando estamos procurando paisagens naturais para fotografar, também esperamos as melhores condições climáticas, como as de uma manhã ou de uma tarde quando a luz está mais baixa e suave.

rodrigo marques

Rodrigo Marques

O Clube da Fotografia acredita que a fotografia artística é uma forma de promover arte, desenvolvimento pessoal, integração com a natureza. Acima de tudo, acreditamos que a fotografia artística é capaz de libertar pessoas empreendedoras, levando a arte fotográfica como profissão.