livro cf
Já Pegou o Seu eBook?
Universo da Fotografia Digital - 26+ dicas de fotografia para ajudar você a fazer fotos matadoras hoje!
Junte-se a mais de 15.000 leitores inteligentes e receba o eBook com dicas imperdíveis para ajudar você a fotografar melhor (é grátis)!
Você estará recebendo o eBook via e-mail.

servo ao por do sol

Fotografar a vida selvagem pode ser uma caçada desafiadora e ao mesmo tempo, frustrante, mas incrivelmente recompensadora para o fotógrafo. A chegada das câmeras digitais tem inspirado toda uma nova geração de fotógrafos a se interessar pela fotografia da vida selvagem. 

A maioria dos cursos de fotografia, workshops e livros concentram-se nos aspectos técnicos embarcados nas câmeras, mas um fotógrafo realmente bom confia mais numa boa composição, iluminação e sensibilidade para encontrar o assunto ideal. Isso significa que você pode melhorar a sua fotografia ao pensar criativamente, e não tão somente tecnicamente.

5 Dicas Que Vão Ajudar Você a Fazer Fotos Melhores da Vida Selvagem

Dica para Fotos Selvagens # 1:

leoa deitadaFotografar olhando no olho do assunto. Em fotos de animais selvagens, as coisas ficam mais interessantes se você conseguir criar uma ligação íntima entre o assunto e o telespectador. A melhor maneira de fazer isso é fotografar ao nível do olho do assunto. Dessa forma, as suas fotografias da vida selvagem podem criar a ilusão de partilhar um momento dentro do mundo do assunto, ao invés de ter uma visão de fora para dentro.

Se por exemplo, o assunto é rasteiro, como um lagarto, rã, ou mesmo um animal pequeno, tente ficar o mais baixo possível para que você possa fazer a sua foto ao nível do olho do assunto.

Dica para Fotos Selvagens # 2:

Está tudo nos olhos. A ligação pessoal mencionada na dica #1, é realmente sobre o contato olho no olho, por isso é importante fotografar os olhos corretamente. Se os olhos dos animais selvagens estiverem nítidos e claros em suas fotos, provavelmente irá conseguir esse efeito de afinidade. Se os olhos estão fora de foco, ocultos na sombra, ou se o assunto pisca os olhos ou fica muito distante, a conexão é perdida, e a foto certamente vai falhar.

esquilo comendo grama

Você nem precisa que o seu assunto esteja totalmente em foco. Seu animal pode estar até mesmo escondido pelas folhas, ou fora de foco. A foto ainda pode funcionar, desde que você possa capturar os olhos do animal enquanto estão abertos, obtendo uma foto nítida.

Dica para Fotos Selvagens # 3:

gaivota praiaSe o fundo não ajuda, então livre-se dele. Muitas fotos de animais selvagens são prejudicadas, porque o fundo é desordenado, distraído, feio, ou simplesmente inadequado. Por exemplo, gaivotas em uma praia podem ser muito bonitas, mas gaivotas em uma lixeira é algo bem diferente. Além disso, fotos da vida selvagem vão parecer menos naturais se você conseguir dizer que foram tiradas em um jardim zoológico. Então aplique esse princípio: “Qualquer coisa que não faça a minha foto melhor, a torna pior”.

Isso não significa que você não possa tirar uma boa foto da vida selvagem em um zoológico. Você só precisa saber gerenciar as coisas. Se o seu fundo está estragando a sua foto, então faça um zoom direto no seu assunto para eliminar o máximo de fundo quanto possível. Ao ampliar a imagem com o zoom, você também vai reduzir a profundidade de campo ao mínimo, e qualquer fundo que apareça em sua foto vai estar fora de foco e menos distrativo.

Dica para Fotos Selvagens # 4:

kanguru praiaSe o fundo está bom para você, use-o bem. Uma fotografia da vida selvagem que captura o assunto em um belo cenário natural pode ser ainda mais eficaz do que um simples close-up. Por exemplo, uma foto de um canguru na praia, apresenta o assunto em um contexto totalmente inesperado, fazendo uma imagem mais interessante do que uma foto em close-up, no estilo retrato.

Se você tratar o assunto que são os animais selvagens como parte de uma paisagem, você precisa considerar todas as técnicas de composição que se aplicam a fotografia de paisagens. Lembre-se da regra dos terços ( que pode ou não ajudar) e tenha cuidado com a posição de seu animal para que o assunto trabalhe em conjunto com o fundo, fazendo uma composição mais eficaz. Em especial, tente posicionar o tema da vida selvagem para que ele olhe para o centro da imagem, e não para a borda da moldura.

Dica para Fotos Selvagens # 5:

Capture seu assunto da melhor forma possível. Mesmo a melhor fotografia da vida selvagem mais perfeita pode falhar por causa da iluminação. Perder o seu assunto nas sombras, brilho refletido pelas penas da ave, as sombras no rosto do assunto são todos erros simples que podem arruinar uma foto.

servo frondoso

Não existe uma regra única para a iluminação em fotos da vida selvagem, mas aqui estão algumas sugestões. Costumo encontrar os melhores resultados quando o céu está levemente encoberto por nuvens finas. Isso produz uma luz que é brilhante, mas sua e até mesmo quando comparada com a luz solar natural. Seu assunto estará bem iluminado, mas você vai evitar o forte contraste e as sombras pesadas que podem roubar detalhes importantes.

Se o tempo está ensolarado, tente tirar suas fotos no início ou no final do dia, quando o sol está baixo. Nessas ocasiões a luz é suave e vivamente colorida. É também mais fácil de capturar o rosto todo do seu assunto à luz do sol, ao invés de meio sombreado em outros momentos.

Portanto, agora você conhece as minhas 5 dicas para fotografar a vida selvagem. Eu poderia até colocar mais uma dica #6: Tirar um monte de fotos. Os animais se mexem, batem asas, e dessa forma encontram uma maneira de tirar do sério até mesmo o fotógrafo mais paciente. Não se esqueça, com a fotografia digital não custa nada tirar fotos. Assim, pratique, persevere e experimente estas dicas, assim você vai poder tirar fotos melhores em pouco tempo!

 

Uma dica extra do Rodrigo: Se você deseja saber Os 4 Passos Certeiros Para Você Tirar Fotografias Sensacionais Em Menos De 1 Semana, recomendo que confira esse vídeo agora mesmo.

QUERO VER O VÍDEO



Recomendados

Recomendados